Secretaria orienta estudantes sobre conservação de livros

Os livros didáticos são ientrega-de-fardas-e-livros-002ndispensáveis para o processo de ensino e de aprendizagem, se tornam parte da rotina diária dos estudantes e em muitos casos são reaproveitados de uma série para outra por estudantes diferentes. Nesse sentido, a Secretaria da Educação do Estado presta algumas orientações para evitar o desgaste do material e que contribuem para a conservação desta importante fonte de conhecimento.
Forrar os livros é uma ótima alternativa para a conservação. Os estudantes podem utilizar plásticos e outros matérias como diferentes tipos de papeis para customizar as capas. Podem utilizar até fotografias. A ideia, segundo a coordenadora do Livro Didático da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana, é deixar a criatividade fluir para proteger os livros.
“É necessário que as unidades escolares promovam uma constante ação de conscientização por meio dos professores, colegiado escolar, líderes de classe e familiares para que os livros sejam bem conservados. Sugerimos que sejam produzidos cartazes com orientações, organizar o Dia do Encapamento para que os alunos usem a criatividade dentro da disciplina de Artes, promover concursos de capas e premiar as turmas com o maior número de livros bem conservados”, recomenda Alessandra Santana.
A coordenadora ressalta a importância da participação da família no cuidado com o material didático dos filhos. “Os pais também podem fiscalizar e conscientizar os estudantes, orientando-os a manter os livros em local apropriado, arejado e sem umidade. Além disso, não devem riscar, rasurar ou rasgar as páginas e capas, porque os mesmos serão devolvidos para serem reutilizados por outros estudantes, seguindo o triênio da campanha”, esclarece.
Os livros didáticos são solicitados pelas escolas diretamente ao Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) e todos os exemplares disponibilizados são aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Uma vez entregues, passam a ter dominialidade das escolas, que realizam a entrega aos estudantes.
Fonte: Ascom

Rui firma parceria com Google e garante coordenadores pedagógicos

tecnologia
Durante a aula inaugural do ano letivo 2017 da rede estadual de ensino, nesta quarta-feira (8), o governador Rui Costa assinou em um Chromebook um termo para que todas as escolas estaduais tenham coordenador pedagógico. Outro marco para a rede estadual foi o lançamento do programa Inove Educação, fruto de uma parceria da Secretaria da Educação do Estado com a Google INC, para a disponibilização gratuita da plataforma Google Apps para Educação. A aula, no auditório do Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, em Salvador, contou com as presenças do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, e de centenas de estudantes, professores e gestores.
O aplicativo Google Sala de Aula disponibiliza um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, dinamizando os processos de ensino e aprendizagem e configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores. O projeto inclui o treinamento dos gestores e professores, iniciando-se em 20 escolas de oito Núcleos Territoriais de Educação (NTE).
O governador Rui Costa falou sobre os avanços na Educação e destacou, em especial, a implantação das coordenações pedagógicas. “O papel do coordenador pedagógico é exatamente o de reorientar, articular do ponto de vista da técnica, da pedagogia, da organização do ensino de cada escola do Estado”, afirmou o governador. Ele enfatizou “que o objetivo final da Educação é transformar vidas humanas. Como fazer isso? Despertando milhares de vocações. E confesso, como ex-aluno da rede pública, me sinto orgulhoso por esta meninada que desfilou aqui, cada um com seu talento. Estes alunos são a escola pública da Bahia. Nós podemos fazer a diferença e transformar as nossas vidas pela Educação”, afirmou Rui, ao anunciar, ainda para 2017, concurso público para professores, melhorias na infraestrutura das escolas e a implantação das Escolas Culturais e ações em parceria com o Sebrae e o Senai/Cimatec voltados para a Educação Profissional.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, ressaltou que para além da Tecnologia, a pedagogia é a essência da escola e todos os esforços estão sendo empreendidos pela Secretaria para fortalecer as ações pedagógicas. “A Tecnologia é ferramenta, é acessório, mas a pedagogia não pode ser uma agenda, um livro, um papel. A pedagogia é como a aurora que se reinventa a cada manhã. Toda escola com coordenação pedagógica é o desafio pautado para toda a Secretaria da Educação, que se coloca como ferramenta, como apoio”, afirmou. Pinheiro salientou que a escola precisa ter agenda própria, deve estar aberta à comunidade para a convivência das famílias e ter sintonia com as demandas territoriais. “A escola tem que fazer sua agenda, escolher o caminho das Artes, da Ciência, da Saúde, da vida. A escola não é ponto para formar apertadores de botões, é uma escola para formar cidadãos”, acrescentou Pinheiro.

Rui investe em escolas culturais e reforça estrutura na educação

A Bahia terá 85 escolas culturais, constituídas em espaços abertos para a sociedade. O assunto é destaque do programa Digaí, Governador! desta semana. “Em cada uma dessas escolas, nós teremos, por exemplo, um núcleo de orquestra do Neojiba. Assim como outras linguagens, como dança e poesia. Queremos transformar essas escolas em celeiros de arte. E quem sabe podemos despertar e descobrir muitos talentos existentes nas nossas escolas culturais”, afirma Rui Costa.
O objetivo é incluir a arte e a cultura no currículo escolar do estudante, e não apenas como uma atividade complementar. De acordo com o governador, a ideia surgiu a partir da série de visitas a escolas que ele tem realizado desde o início da gestão. Já são 222 unidades visitadas ao longo de 237 viagens ao interior da Bahia. “Lá no início, em 2015, eu conheci uma escola em Tanhaçu, onde o diretor montou uma sala de cinema em uma das salas de aula e aberta não apenas aos alunos. Baseado nesta e em muitas outras experiências que conheci ao longo desses dois anos, estamos lançando agora as escolas culturais”.
Cerca de R$ 100 milhões serão investidos na melhoria da estrutura física das escolas, lembra Rui. “Além disso, estamos anunciando que todas as escolas de nível médio do Estado terão coordenadores pedagógicos. Isso aumenta nossa expectativa de qualidade nas escolas”.
Como marco de valorização da educação, o governador destaca o Programa Primeiro Emprego, lançado em novembro do ano passado e que tem como meta preencher, apenas no setor público, 9 mil vagas até novembro de 2018. As vagas são para “jovens que concluírem o segundo grau [nível médio] com curso profissionalizante, em várias áreas do Estado, assim como também na iniciativa privada”.
Nesta edição, Rui anuncia ainda o lançamento do Programa Mais Futuro, no primeiro semestre deste ano. A iniciativa é voltada “aos jovens que estão na universidade. […] Será oferecida uma bolsa de estudo àqueles jovens de família carente e cadastrados no CadÚnico. Nossa expectativa é alcançar algo em torno de 8 mil jovens. Após o sexto semestre, eles vão ter a oferta de estágio em vários órgãos públicos do Estado, inclusive nas escolas estaduais”.
Abertura do ano letivo
Com o início do ano letivo, o governador convoca “os jovens, os professores e a comunidade escolar, junto com a família, para que o retorno às aulas ocorra com a maior motivação possível e o maior entrosamento com a família, para que possamos ter um ano que marque a história da educação na Bahia”.
Nesta quarta-feira (8), Rui participa programa de abertura do ano letivo, realizado no Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, no bairro Caixa D’Água, em Salvador, às 8h30. O programa será transmitido ao vivo pela TV Educativa (TVE) e também pelo Portal da Educação.
O Digaí, Governador! é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por diversos veículos de comunicação. Está disponível no site da Secom e pelo telefone 0800 071-7328.

Secretário da Educação do Estado participa da Jornada Pedagógica em Feira de Santana nesta sexta-feira

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, participa da Jornada Pedagógica em Feira de Santana, nesta sexta-feira (3). Às 10h, Pinheiro estará no Colégio Estadual General Osório, no Centro e, depois, seguirá acompanhado por gestores e superintendentes da Secretaria para o Colégio Estadual Gastão Guimarães, também no Centro da cidade.

A jornada começou, nesta quarta-feira (1°) e segue, simultaneamente, até esta sexta-feira (3), em todas as escolas da rede estadual de ensino e tem como tema “Escola e Comunidade para Educar e Transformar”. Na capital e no interior, professores, gestores, estudantes, familiares e representantes da comunidade do entorno discutem e constroem o Projeto Político Pedagógico das escolas, além de planejar as atividades interdisciplinares a serem realizadas, em 2017.

Serviço:

O que: Secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, participa da Jornada Pedagógica, em Feira de Santana.

Quando: Sexta-feira (3 de fevereiro)

Horário: Às 10h

Locais: Colégio Estadual General Osório e Colégio Estadual Gastão Guimarães.

Contato: 75-3623-1930 – NTE 19 – Darlan do Ouro – 75-9-9113-4622

Classificados no Sorteio Eletrônico devem se matricular quarta (1/2)

profissionalComeça, nesta quarta-feira (1º) e segue até sexta (3), a matrícula para os contemplados no Sorteio Eletrônico da Educação Profissional. Os candidatos contemplados para as 11.748 mil vagas dos 33 cursos técnicos de nível médio ofertados deverão se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram, em 57 municípios espalhados pelos 27 Territórios de Identidade da Bahia. Das vagas ofertadas, 9.288 são para o interior do Estado e 2.460 mil para Salvador e Região Metropolitana de Salvador (RMS).
No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, Histórico Escolar, Carteira de Identidade e comprovante de residência. O início das aulas está previsto para 6 de fevereiro de 2017. Todos os candidatos inscritos no Sorteio Eletrônico foram classificados. Mas só são convocados para a matrícula os contemplados de acordo com a classificação e o número de vagas ofertadas em cada Centro de Educação Profissional. Inicialmente, os contemplados serão convocados para efetivar a matrícula. Havendo desistência, as vagas residuais serão preenchidas de acordo com a classificação dos demais candidatos.
Os candidatos contemplados no Sorteio Eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro, durante o período de matrícula. Os estudantes deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.
O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, fala sobre os avanços na oferta para esta modalidade de ensino. “A oferta da Educação Profissional da Bahia tem crescido a partir de 2007, quando se tornou uma prioridade do Governo do Estado investir na formação e preparação dos jovens para o mundo do trabalho. Portanto, só na modalidade Subsequente, que é esta do Sorteio Eletrônico para quem já concluiu o Ensino Médio, são quase 12 mil novas vagas ofertadas a estes jovens e trabalhadores, para que possam atender a demanda competitiva do mundo do trabalho e se beneficiem do desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Estado”, afirmou.

Escolas realizam Jornada Pedagógica para planejar ano letivo

A Secretaria da Educação do Estado promove, de 1º a 3 de fevereiro, a Jornada Pedagógica para o planejamento do ano letivo 2017. Trata-se de um espaço coletivo de organização do trabalho pedagógico, que envolve professores e gestores em todas as escolas estaduais e que, também, é aberto para os estudantes, as famílias e representantes das comunidades locais. Neste ano, a jornada tem como tema “Escola e Comunidade para Educar e Transformar” e acontece em dois momentos, tendo a segunda etapa programada para o dia 21 de julho.
A Jornada Pedagógica traz atividades diversificadas para o fortalecimento de práticas educativas e socialização de metodologias que despertem o interesse, a participação e a aprendizagem dos estudantes. Durante os três dias de trabalho, os participantes fazem uma avaliação do ano letivo anterior e discutem o Projeto Político Pedagógico das escolas, além do planejamento das atividades interdisciplinares a serem realizadas em cada unidade escolar.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, fala sobre a importância deste momento. “Estamos trabalhando intensamente para que 2017 seja marcado pela mudança do eixo pedagógico nas escolas da rede. Estamos fazendo todos os esforços para que toda unidade escolar tenha o seu coordenador pedagógico e diversas atividades. Este ano, ganhamos mais 30 escolas em Tempo Integral. Vamos trabalhar muito, também, para a introdução da tecnologia, mas a tecnologia é apenas uma ferramenta. O mais importante é o espírito da escola, que é o seu conteúdo pedagógico, e este só pode ser tocado com o envolvimento das pessoas neste projeto”, afirmou.
 006
Conteúdos online - Como parte do suporte para a Jornada Pedagógica, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza uma série de materiais de apoio no Portal da Educação. Pelo endereço (http://jornadapedagogica.educacao.ba.gov.br) é possível acessar a programação da Jornada e as informações sobre os projetos estruturantes. Também estão disponíveis materiais de apoio aos professores, como Plano de Aula, Plano de Unidade por Componente Curricular e Plano por Área de Conhecimento. O Portal oferece, ainda, os instrumentos de avaliação das experiências positivas e os ajustes que devem ser feitos para o sucesso das atividades desenvolvidas, dando subsídios para o fortalecimento do trabalho pedagógico, durante o ano letivo.
Pré-jornada
Durante todo o mês de janeiro, os gestores escolares participaram das pré-jornadas pedagógicas, promovidas pelos 27 Núcleos Regionais de Educação (NRE). O objetivo foi estabelecer diretrizes para a realização da Jornada Pedagógica 2017, quando os gestores escolares e diretores dos NRE organizaram os trabalhos e discutiram procedimentos gerenciais e pedagógicos. Na oportunidade, também socializaram e disponibilizaram materiais de apoio para a realização das atividades programadas, buscando o alinhamento das ações para a Jornada Pedagógica em todos os Territórios de Identidade.

Programa Primeiro Emprego convoca jovens de Feira de Santana

O Programa Primeiro Emprego, do Governo do Estado, convocou esta semana mais 104 estudantes dos cursos técnicos de nível médio da Rede Estadual de Educação Profissional.  As vagas foram para os municípios de Caetité, Eunápolis, Guanambi, Salvador, Feira de Santana, Euclides da Cunha, Jacobina e Senhor do Bonfim.
Lançado em novembro do ano passado, o Programa Primeiro Emprego tem como meta preencher, apenas no setor público, 4,5 mil vagas até novembro de 2017 e outras 4,5 mil até novembro de 2018. Mais de 80 empresas privadas também já manifestaram interesse em participar do programa.
Ao conquistar a vaga, intermediada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), os egressos terão carteira de trabalho assinada e todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no Estado, já as empresas particulares têm a prerrogativa de definir se haverá a continuidade do contrato. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo, já nos órgãos estaduais, o contemplado terá salário mínimo, plano de saúde (Planserv) e vale transporte.

Inscrições para o Sisu terminam dia 27 de janeiro

O Ministério da Educação encerra a consulta de vagas ofertadas em universidades e institutos federais e instituições estaduais por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A consulta pode ser feita no site do Sisu por curso, instituição e município. Ao todo, são 228.071 vagas 131 instituições públicas.
Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular para as vagas poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.
Notas
O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação.

Veja como solicitar certificação do Ensino Médio pelo Enem

Os estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2016, e solicitaram a certificação do Ensino Médio pelo ENEM no ato da inscrição, tendo requisitado recebimento através da Secretaria da Educação do Estado, já podem dirigir-se às unidades escolares autorizadas do Estado da Bahia (veja lista abaixo). Entre os requisitos, o estudante deve ter atingido o mínimo de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do ENEM e 500 pontos na Redação.
Para obter o certificado, além do rendimento na avaliação, o candidato deve possuir 18 anos completos até a data de realização da primeira prova do ENEM, mesmo sendo emancipado, e apresentar os seguintes documentos: duas fotos 3X4 recentes,  RG e CPF (cópias e originais), cópia do resultado do ENEM e a senha para acesso ao sistema do resultado.
>> Unidades escolares autorizadas:

 NRE

Nível

Autorizada pela Resolução CEE

UNIDADE ESCOLAR / Endereço

 05 – Itabuna

Médio e Fundamental

Nº 074/1996 DO 1º/11/1996

Col. da Polícia Militar Rômulo Galvão. Rua David Maia, s/n – Pontal   /  Ilhéus – Ba.
Tel.: (73) 3231-3374 /3634-4133

Médio e Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Col. Est. de Itabuna. Rua Manoel Chaves, s/n – São Caetano  / Itabuna- Ba.
Tel: (73) 3613-4005

10 – Juazeiro

Médio e Fundamental

Nº 074/1996 DO 1º/11/1996

Col. Est. Polivalente Américo Tanuri. Av. Edigar Chastinet, s/n – Bairro Horto Florestal / Juazeiro – Ba.

11 – Barreiras

Médio e Fundamental

Nº 074/1996 DO 1º/11/1996

Col. Est. Estadual Prisco Viana. Rua Pedro Dourado, s/n  – Centro / Barreiras – Ba.

13 – Caetité

Médio e Fundamental

Nº 059/2003 DO 09/09/2003

Instituto de Educação Anísio Teixeira. Av. Anísio Teixeira, s/n – Centro    / Caetité – Ba.
Tel.: (77) 3454-2138

16 – Jacobina

Médio e Fundamental

Nº 175/2000 DO 30 e 31/12/2000

Centro Educacional Deocleciano Barbosa de Castro. Pça. Presid. Kennedy, 200 – Estação / Jacobina- Ba.
Tel.: (74) 3621-3036/5386 / 3967

18-Alagoinhas

Médio e Fundamental

Nº 074/1996 DO 1º/11/1996

Centro Territorial de Educa. Profissional do Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte. Rua Maria Feijó,  13 – Centro / Alagoinhas- Ba.
Tel. e Fax: (75) 3421-2446

19 – Feira de Santana

Médio e Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Col. Est. Agostinho Fróes da Mota. Rua Cel. Álvaro Simões, s/n – Centro   / Feira de Santana- Ba. 
Tel.: (75) 3223-2465/.3225-5190

20 – Vitória da Conquista

Médio e Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Col. Est. Kleber Pacheco de Oliveira. Rua H, s/n – URBIS II – Bairro Batéias / Vitória da Conquista – Ba.
Tel: (77) 3426-2531 /3422-1625

21 – Stº Antonio de Jesus

Médio e Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Col. Est. Antonio Olavo Galvão. Loteamento Jardim Bahia, s/n / Santo Antonio de Jesus-Ba.
Tel.: (75) 3631-7084

Médio e Fundamental

Nº 079/2003 DO 02/10/2003

Centro Educacional Theodoro Sampaio. Av. Ferreira Bandeira, s/n – Centro/ Santo Amaro – Ba
Tel.: (75) 3241-1423/1421/2942/1260

22 – Jequié

Médio e Fundamental

Nº 074/1996 DO 1º/11/1996

Centro Est. de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação – Régis Pacheco. Rua 15 de Novembro, Campo América / Jequié-Ba.
Tel.: (73) 3525-6675/1341

24 – Paulo Afonso

Médio e Fundamental

Nº 074/1996 DO 1º/11/1996

Col. Est. Polivalente de Paulo Afonso. Av. José Hemetério de Carvalho, 1512 / Paulo Afonso-Ba.
Tel.: (75) 3692-1645 / 3282-2246

25 – Sr. do Bonfim

Médio e Fundamental

Nº 023/2002 DO 16/05/2002

Col. Est. Teixeira de Freitas. Rua Antônio Laurindo, 324 – Centro / Senhor do Bonfim – Ba.
Tel.: (74) 3542-1073

 26 – Salvador

Médio e Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Centro Est. de Educ. Magalhães Netto – CEA. Pça. Almirante Coelho Neto, s/n – Barris / Salvador – Ba.
Tel.: 3321-7225 / 3241-2191 Fax: 3328-6271

Médio e Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Col. Est. Governador Roberto Santos. Rua Silveira Martins,s/n – Cabula / Salvador – Ba.
Tel.: (71) 3117-2714    Fax: 3387-4695

Fundamental

Nº 085/93 DO 17/08/1994

Col. Est. Zilma Gomes Parente Barros. Av. Diva Pimentel, s/n – San Martin / Salvador – Ba.
Tel.: (071) 3389-2122 – FAX:3381-5847

Médio

Nº 022/2002 DO 16/05/2002

Col. Est. Duque de Caxias. Rua Lima e Silva, s/n – Liberdade –  Salvador – Ba.
Tel: (71) 3243-1328  / 3243-9355 / 3241-6554

27 – Eunápolis

Médio e Fundamental

Nº 175/2000 DO 30 e 31/12/2000

Col. Est. Armando Ribeiro Carneiro. Rua Maria Quitéria, 281 – Centro  /  Eunápolis – Ba.
Tel.: (73) 3281-3340   FAX (73) 3281-2834

Secretaria da Educação divulga resultado do sorteio eletrônico da Educação Profissional

Contemplados para 11.748 mil vagas da Educação (23)

Foto: Suami Dias

Um total de 11.748 mil estudantes foram beneficiados com o sorteio eletrônico da Educação Profissional realizado, nesta segunda-feira (23), no auditório da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.  São jovens e trabalhadores, que já concluíram o Ensino Médio e que vão voltar a estudar. As vagas são para 33 cursos técnicos de nível médio de 11 Eixos Tecnológicos, oferecidos nos Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e seus anexos, em 57 municípios baianos, nos 27 Territórios de Identidade. O resultado está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O sorteio aconteceu na presença de representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Procuradoria Geral do Estado (PGE), do Ministério Público Federal e do Conselho Estadual de Educação. Entre as contempladas estava a professora Débora Dias Santana, 36 anos, que decidiu investir em uma nova profissão. “Por meio de uma indicação de uma amiga e por ser oriunda da rede estadual, decidi me inscrever para o curso técnico de Secretariado, do Centro Estadual de Educação Profissional Isaías Alves. Há um bom tempo que eu gostaria de trabalhar nesta área. Estou feliz pelo sorteio e pela oportunidade de poder realizar esse curso”, ressaltou.

Segundo o superintendente da Educação Profissional da Bahia, Durval Libânio, os cursos ofertados abrangem diversas áreas de atuação. “Oferecemos cursos de diferentes áreas do conhecimento como Saúde, Produção Cultural, Recursos Naturais, Controle e Processos Industriais, Informática, Gestão e Negócios, Administração, Logística, entre outros que oportunizam a formação para os jovens e trabalhadores em toda a Bahia”, afirmou.

Durval ainda contou sobre as perspectivas para a oferta de mais vagas durante o ano de 2017. “No meio do ano teremos uma nova oferta onde terão cursos na área de Agropecuária e Agroecologia em regime de alternância para melhor atender os moradores da região rural. Também estamos trabalhando para ofertar Educação Profissional com Intermediação Tecnológica, além de cursos Pronatec de formação integral. Ao todo serão 108.000 vagas oferecidas neste ano”, afirmou.

Matrícula - A matrícula para os contemplados no Sorteio Eletrônico ocorre no período de 1º a 3 de fevereiro de 2017. Os candidatos contemplados devem se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram. No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, histórico escolar, Carteira de Identidade e comprovante de residência. O início das aulas está previsto para 06 de fevereiro de 2017.

Os candidatos contemplados no Sorteio Eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro, durante o período de matrícula. Os estudantes deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.

 

O sorteio e direcionado a estudantes que concluíram o Ensino Médio e suas modalidades, de forma gratuita, em estabelecimentos de ensino da rede pública de Educação – no âmbito federal, estadual ou municipal. Ou ainda que tenham, comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral. Das vagas ofertadas, 9.288 foram para o interior do Estado e 2.460 mil para Salvador e Região Metropolitana de Salvador (RMS).